Aprenda a lidar com a auto-sabotagem – Parte 1

As vezes somos nós mesmos que criamos ou inventamos nossos problemas. Quando estamos com muitos problemas, lutamos para resolvê-los. Mas quando tudo parece dar certo é aí que entra a auto-sabotagem. Parece que isso não é normal. É nesse momento que a auto-sabotagem entra em ação. Muito cuidado. Como resolver isso? Hoje vou dar apenas uma dica para esse assunto e em breve vou postar outro artigo com a parte 2 desse assunto.

Exemplos de auto-sabotagem

Todos nós nos arrependemos ou vamos nos arrepender de algo que fizemos, ou pior ainda, que poderíamos ter feito. “Se tivesse sido assim”, “se eu tivesse decidido daquela forma” ou “se eu não tivesse decidido daquela forma”.

Está gostando do artigo? Veja os posts mais antigos que talvez tenha perdido.

Esses são os tipos de pensamento que podem nos acompanhar por muitos anos. Tudo que vai gerar em você são sentimentos de tristeza e frustração e em nada vão contribuir para resolução do problema.

Encontrando o caminho para uma solução

Resolva isso aceitando, definitivamente, o que você fez. Pense: “Não posso mudar meu passado, mas posso fazer diferente em meu presente e no futuro, sendo alguém muito melhor”. Outra coisa que pode ajudar é dizer a si mesmo: “Eu aprendi algo que pretendo usar sempre que surgirem situações similares com as quais eu lidei no passado de uma maneira que talvez não tenha sido a melhor escolha para aquele momento”.

Outra coisa que poderá te ajudar é não ter medo dos seus pensamentos. Sobre isso vamos falar no segundo post dessa série.

Leia a parte 2. Continuação deste artigo.

Gostou? Compartilhe com seus amigos. Deixe seu comentário abaixo.

 

 

 

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x