10 curiosidade sobre o Alcorão, livro sagrados dos Muçulmanos

Não sou muçulmano, mas é sempre bom conhecer e principalmente respeitar a religião das pessoas. O alcorão é o livro sagrado dos Muçulmanos. Você sabia que mais de 1 bilhão de pessoas seguem os escritos de Maomé? A escrita do livro durou cerca de 23 anos. O livro faz menção a Jesus Cristo, que é considerado um profeta pelo Islã. Confirma as 10 principais curiosidade sobre este livro. 

Confira 10 curiosidades sobre o Alcorão

  1. As revelações do Alcorão podem ser divididas em duas partes: as que Maomé recebeu em Meca durante 13 anos e, posteriormente, as que o profeta recebeu em Medina, por 10 anos.
  2. Os muçulmanos creem que o Antigo e o Novo Testamento foram escritos por profetas, como Jesus. Porém, Maomé é considerado o último e maior profeta, logo o Alcorão é soberano em relação aos escritos anteriores.
  3. O Alcorão acredita na vida espiritual. Segundo o livro, além do corpo físico, o ser humano carrega também o espírito, que é imortal.
  4. O Alcorão traz leis e indica punições para vários crimes. A pena sugerida para um ladrão, por exemplo, é que cortem a sua mão.
  5. Não se deve tocar no Alcorão após ter relação sexual e também não é permitido entrar com o livro em banheiros. As mulheres não devem encostar no Alcorão quando estiverem menstruadas.
  6. O Alcorão diz que a poligamia – ter mais de uma esposa – é permitida entre os muçulmanos. Porém, não é obrigatória. O livro indica que o homem deve ser justo e igualitário na maneira como trata todas as suas esposas.
  7. O livro sagrados do Islã proíbe o consumo de carne de porco, com exceção para casos de extrema necessidade.
  8. Segundo o Alcorão, quem chegar ao paraíso usará ouro, pérolas e roupas de seda. E lá encontrará rios de leite, de vinho e de mel.
  9. Na década de 90, o ditador iraquiano Saddam Hussein encomendou um exemplar do Alcorão escrito com seu próprio sangue. O exemplar levou 2 anos para ser concluído. Neste período, foram usados 27 litros de sangue.
  10. Em 2012, a Rússia produziu o maior volume do Alcorão registrado em todo mundo, até então. Ele está exposto na mesquita Kul Sharif, em Cazã, a capital de Tartaristão. O livro tem 1,5 m por 2 m quando fechado. Seu peso é de 800 quilos. Atualmente, milhares de pessoas fazem peregrinações ao local para ver o exemplar.

Com informações do site Hiper Cultura

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of